Cabeçalho ADS

Fale Conosco
Anuncie Conosco

Anuncie Conosco

Anuncie Conosco

Faça sua Pós Graduação à distância no Instituto Pró Saber (100% online)


Quer alavancar seu crescimento profissional? Com os nossos cursos de Pós-Graduação EAD você adquire o conhecimento que precisa para ser o profissional que o mercado busca! E ainda com flexibilidade de horário!

Aproveite nossos cursos a partir de R$ 89,50* por mês!

Nas áreas de SAÚDE, EDUCAÇÃO, SOCIAL, EMPRESARIAL, MBA, JURÍDICO E TEOLOGIA.

 Diploma com mesmo valor de ensino presencial.

 Cursos Reconhecidos pelo MEC.

Garanta já sua vaga! Matricule-se agora!

A instituição responsável é o Instituto Pró Saber, que mantém um convênio de apoio logístico e operacional com a UCAM – Universidade Cândido Mendes, para oferta de cursos de Pós-Graduação Lato Sensus, Extensão e Aperfeiçoamento com o melhor preço de mercado e na modalidade 100% EAD, o Instituto Pró Saber está localizado na cidade de Feira de Santana – BA. Para informações complementares: (77) 99997-8580 Whatsapp ou (77)98814-4014.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Assista: Pastora quebra imagens de santa e vídeo repercute na internet.

Um vídeo de uma cerimônia de uma igreja evangélica de Botucatu, no interior de São Paulo, causou grande repercussão após ser postado no Facebook na terça-feira (10). As imagens mostram uma mulher, apontada como pastora da igreja, quebrando imagens de Nossa Senhora Aparecida.

O internauta que postou o vídeo no Facebook apagou a publicação depois da repercussão negativa, mas ele foi salvo por outras pessoas e compartilhado pelo WhatsApp.

O vídeo foi gravado por um dos obreiros, como os membros da igreja são chamados, e mostra um ritual da igreja evangélica. A pastora quebra a imagem da santa com um martelo, enquanto um grupo de pessoas faz várias orações.

"Oh, glória. Não aceito outro Deus. Aleluia, Jesus. Teu nome seja glorificado, Senhor. Abençoa, Senhor, meu pai, que foi feita pelas mãos do inimigo. Seu nome será honrado e glorificado. Está quebrada, em nome de Jesus", dizem os obreiros.

De acordo com o Conselho Municipal de Pastores, a prática de se desfazer de uma imagem é comum quando alguém é convertido à nova religião, mas não da forma realizada pela pastora porque respeita outras religiões. O conselho alegou, ainda, que vai entrar em contato com a pastora ter mais informações sobre o ocorrido.(Com informações de Rômulo D´Avila/TV TEM)

Assista ao vídeo abaixo:
Tecnologia do Blogger.