Cabeçalho ADS

Fale Conosco
Anuncie Conosco

Anuncie Conosco

Anuncie Conosco

Faça sua Pós Graduação à distância no Instituto Pró Saber (100% online)


Quer alavancar seu crescimento profissional? Com os nossos cursos de Pós-Graduação EAD você adquire o conhecimento que precisa para ser o profissional que o mercado busca! E ainda com flexibilidade de horário!

Aproveite nossos cursos a partir de R$ 89,50* por mês!

Nas áreas de SAÚDE, EDUCAÇÃO, SOCIAL, EMPRESARIAL, MBA, JURÍDICO E TEOLOGIA.

 Diploma com mesmo valor de ensino presencial.

 Cursos Reconhecidos pelo MEC.

Garanta já sua vaga! Matricule-se agora!

A instituição responsável é o Instituto Pró Saber, que mantém um convênio de apoio logístico e operacional com a UCAM – Universidade Cândido Mendes, para oferta de cursos de Pós-Graduação Lato Sensus, Extensão e Aperfeiçoamento com o melhor preço de mercado e na modalidade 100% EAD, o Instituto Pró Saber está localizado na cidade de Feira de Santana – BA. Para informações complementares: (77) 99997-8580 Whatsapp ou (77)98814-4014.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Assista ao vídeo: Peão morre ao ser pisoteado por touro na Expoingá, em Maringá


Um peão de 24 anos morreu, na noite de domingo (13), depois de ser pisoteado por um touro em uma montaria na 46ª edição da Feira Agropecuária, Industrial e Comercial de Maringá (Expoingá), em Maringá, no norte do Paraná.

A morte de Giliard Antônio foi confirmada, na madrugada desta segunda-feira (14), pela empresa que promove competições de montaria em touros, a Professional Bull Riders Brasil (PBR), e pela Sociedade Rural de Maringá.

A empresa responsável pela competição cedeu as imagens que mostram Antônio montando no touro até o momento que ele cai na arena de rodeio. O peão ficou em cima do animal por sete segundos e, após se desequilibrar, ele cai, mas uma das mãos fica presa. Ele é pisoteado nesse instante. O peão se solta do touro, levanta e desmaia na sequência.

A equipe de socorro que atendeu Antônio logo após ser pisoteado informou que o peão desmaiou e foi atendido poucos minutos depois do fato. Por 40 minutos os socorristas tentaram renimá-lo dentro da ambulância, mas ele não resistiu e morreu.

Segundo o Instituto Médico-Legal (IML) de Maringá, o peão sofreu um trauma no peito o que provocou uma lesão no coração. Um músculo do órgão se rompeu, provocando a morte.

Retorno às competições

Giliard Antônio tinha voltado a competir pela PBR Brasil há duas semanas. Ele ficou afastado das arenas por um ano e dois meses depois de sofrer uma lesão na musculatura da bacia. Segundo a PBR Brasil, durante o período de recuperação ele precisou usar cadeira de rodas por um mês.

No dia 27 de abril deste ano, o peão voltou a montar em touro na etapa da competição realizada em São José do Rio Pardo, no interior de São Paulo. // G1

Assista ao vídeo:
Tecnologia do Blogger.