Cabeçalho ADS

Fale Conosco
Anuncie Conosco

Anuncie Conosco

Anuncie Conosco

Anuncie Conosco



Polícia Civil apura denúncias de maus – tratos contra cães em Barreiras


Foram três situações diferentes de maus-tratos contra cães, registradas no plantão de quarta para quinta-feira (13) na 1ª Delegacia Territorial de Barreiras.

Um dos denunciantes informou que seu cachorro de estimação, raça “vira lata” foi agredido fisicamente com golpes de facão, que causaram diversas lesões corto-contusas, na Rua São Francisco, Bairro Buritis II. O proprietário do animal informou o nome do agressor à polícia Civil. Há um Registro de Ocorrência da Polícia Militar e Laudo de Atendimento Clínico, atestado pela veterinária do animal, que foi apresentado como prova dos maus tratos, ao delegado de polícia Marcos Ludovico.


Uma moradora da Rua “N”, bairro São Francisco, relata que um homem foi visto por sua filha adolescente de 17 anos agredindo o cachorro dele e se revoltou contra a menor ao ser recriminado por ela. A mãe da menor ainda alega que o agressor retrucou dizendo que o cão era dele, em seguida desferiu um soco na boca de sua filha e ainda tentou esganá-la. A menor chegou à delegacia mostrando uma lesão no braço esquerdo e no pescoço, provenientes dos atos de violência do vizinho, que também compareceu na delegacia para contar sua versão. Ele informa que, ao abrir o portão, seu cão saiu para a rua, e conseguiu pegá-lo sem qualquer agressão, instante em que foi acusado e agredido com palavras de baixo-calão pela adolescente. O delegado vai realizar audiência com as partes para adotar providências de polícia judiciária.

O terceiro caso de maus-tratos ocorreu no bairro Buritis, na quarta-feira (12). Um cidadão alega que um vizinho pegou seu ” cão” vira lata, amarrou com um cobertor, espancou com um pedaço de madeira, em seguida arremessou o animal da parte superior de sua residência. Por causa das agressões, o animal está com diversas lesões. (Alô Alô Salomão)



Tecnologia do Blogger.