Cabeçalho ADS

Anuncie Conosco

Anuncie Conosco

Anuncie Conosco

Anuncie Conosco

Anuncie Conosco

Vídeo: Professores de Serra do Ramalho-BA realizam protesto reivindicando cumprimento de piso salarial


Professores que integram a rede municipal de ensino da cidade de Serra do Ramalho, no oeste da Bahia, reuniram nesta segunda-feira (3) para protestar. A categoria utilizou faixas e cartazes para chamar atenção do prefeito Ítalo Rodrigo Anunciação (PSD).

Os professores questionam a política de governo adotada e reivindicam o reajuste salarial de 12,84% do piso nacional do professor estabelecido pelo Ministério da Educação. Segundo o sindicato da categoria, o gestor ofertou 3,08%.


Conforme o sindicado, diante do não atendimento das reivindicações os professores não participaram do início da Jornada Pedagógica, no entanto, a secretária de Educação Maria Aparecida, respondeu que toda manifestação tem quem adere.

“Democracia é isso, respeito só não concordo pelo fato de termos aberto uma negociação e eles não tiveram o respeito em retornar. A jornada segue até quinta-feira como planejado. O ano letivo terá início no dia e conto com todos”, disse Cida.

De acordo com a secretária, na sexta-feira, dia 31 de janeiro, houve uma reunião com prefeito e Luciano, secretário Administração. Durante a reunião foi feito um esclarecimentos dos recursos e dos reajustes ora ofertado pelo governo federal.


Nota da secretária de Educação

O reajuste do valor aluno qualidade foi de 5,14% ,  os 12,84% foi dado para o piso nacional que em Serra do Ramalho, quase todas as categorias já recebem seu piso específico sendo que apenas a classe especial que o plano é muito claro deve ser reajustado de acordo o reajuste do piso nacional, estando acordo com a Lei Municipal do Plano de Carreira dos Professores do Magistério. O reajuste é feito a cada mês de janeiro de acordo o reajuste do FUNDEB. Todas as explicações foram dadas a Diretoria do Sindicato e foi feita uma proposta de reajustar 3,08 % para o magistério e 12,84 % para a classe especial sendo que essa classe recebe apenas o valor do piso de 4,7 %. (Fonte: Portal Folha do Vale)




Tecnologia do Blogger.