Cabeçalho ADS

Anuncie Conosco

INFORME PUBLICITÁRIO

Anuncie Conosco

Anuncie Conosco

Anuncie Conosco

Anuncie Conosco

Anuncie Conosco

Fale Conosco

Vídeo: Procuradora é agredida por colega após denunciá-lo por posturas grosseiras; homem alega sofrer ‘assédio moral’ no trabalho

 

A procuradora-geral do município de Registro (SP), Gabriela Samadello Monteiro de Barros, 39, foi agredida com socos e chutes pelo procurador Demétrius Oliveira Macedo, 34, após denunciá-lo por posturas grosseiras. Após o caso ter ocorrido na tarde de segunda-feira (21), dentro da prefeitura onde trabalham, Demétrius alegou sofrer “assédio moral” no trabalho.

Um boletim de ocorrência foi registrado por Gabriela, no qual consta que a agressão ocorreu após ela solicitar a abertura de um processo administrativo contra ele em razão da sua postura “hostil e grosseira” no ambiente de trabalho. Sem gostar da atitude, Demétrius foi até a sala da profissional para tirar satisfação e realizou as agressões.

O procurador foi ouvido pela Polícia Civil e liberado em seguida, pois o delegado responsável pelo caso considerou que “não havia situação de flagrante”. As agressões foram filmadas por uma outra funcionária. No vídeo, é possível ver o procurador desferindo socos e chutes na colega de trabalho.

“Ele admitiu que agrediu a vítima e alegou que assim o fez por sofrer assédio moral”, contou Fernando Carvalho Gregório, delegado do 1º Distrito Policial do município, em entrevista à TV Tribuna, ao comentar que foi feito registro de ocorrência e serão tomadas diligências cabíveis.

“O fato também é analisado pelo Ministério Público (MP) e Poder Judiciário (PJ). Ao final de todos os trabalhos, teremos uma conclusão das investigações num processo, e uma eventual condenação”, ressaltou o delegado. Com informações de G1.



Tecnologia do Blogger.