Cabeçalho ADS

Fale Conosco
Anuncie Conosco

Anuncie Conosco

Anuncie Conosco



Quase 800 quilos de maconha que seriam entregues em Guanambi são apreendidos em fundo falso de caminhão em MG


A Policia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu, na madrugada desta terça-feira (18), 794 quilos de maconha no município de Montes Claros, no Norte de Minas. A droga foi encontrada no fundo falso da carroceria de um caminhão, abordado no posto da PRF do Km 514 da BR 251 (entre Montes Claros e Francisco Sá), onde ocorreu a apreensão. De acordo com o jornal 'O Estado de Minas', os agentes federais desconfiaram do ocupante de um carro HB20, que viajava no sentido Montes Claros/Francisco Sá. Logo em seguida, passou pelo local um caminhão com carroceria aparentemente vazia. Ao ser abordado, o condutor do caminhão demonstrou nervosismo, o que reforçou a desconfiança dos policiais de que havia algo de errado. Durante a abordagem, o motorista recebeu uma ligação telefônica e não falou para o interlocutor que tinha sido parado pelos policiais, usando apenas a expressão “estou batendo pneu”.  A equipe da PRF seguiu em direção a Francisco Sá e, alguns minutos depois, encontrou o motorista do HB20, que, conforme um agente, “já estava retornando para verificar o que aconteceu com o condutor do caminhão”.


Desta forma, acabou sendo descoberto que o motorista do veiculo de passeio atuava como “batedor” do caminhão, seguindo à frente para averiguar “se o caminho estava livre”. Durante nova abordagem com os dois suspeitos, os policiais rodoviários acabaram localizando a carga ilegal. Conforme a PRF, o caminhoneiro disse que o carregamento foi feito em São José do Rio Preto (SP) e seria entregue em Guanambi, na região Sudoeste da Bahia. Mas a origem e o destino da maconha ainda serão investigados. Existe a suspeita de que a maconha estaria sendo transportada para Salvador, para ser comercializada durante o Carnaval. Ainda de acordo com a Policia Rodoviaria Federal, o motorista do caminhão declarou que receberia R$ 5 mil pelo transporte da erva. O condutor do HB 20 informou que iria receber R$ 6 mil pelo “serviço” de batedor. Os dois suspeitos foram presos e encaminhados para a delegacia da Policia Federal em Montes Claros. O caso foi repassado para a PF, tendo em vista que a suspeita de que a maconha é oriunda do Paraguai, fazendo parte do tráfico internacional de drogas. (Fonte: PRF/Sudoeste Bahia)



Tecnologia do Blogger.