Cabeçalho ADS

Anuncie Conosco

Anuncie Conosco

Anuncie Conosco

Anuncie Conosco

Anuncie Conosco

Oeste da Bahia: Fogo sem controle já consumiu mais de 60 hectares de Gerais em Cocos

 

Um incêndio de grande proporção está consumindo uma área de Gerais, em Cocos, no Oeste da Bahia, desde o fim da tarde de quarta-feira (30). O fogo teve início nas imediações de Catulé.

O secretário municipal de Meio Ambiente, Agenor Neto, informou que o fogo está em uma área conhecida como Gerais e já consumiu cerca de 60 hectares. Ele afirmou que fogo foi se alastrou rapidamente pela vegetação seca.

“O fogo já consumiu uma área que se concentra desde Minas Gerais o estado de Goiás, chegando a 100 quilômetros de extensão. Nossa preocupação é com as matas nas cabeceiras de dos rios: Carinhanha, Itaguari e Formoso”, comentou Agenor.

Em conversa com o Portal Folha do Vale na manhã desta segunda-feira (5), Agenor disse que o local onde acontece o incêndio fica distante mais de 150 quilômetros da sede do município, no Gerais.

Ele ainda informou ao Portal Folha do Vale, que formalizou um pedido de ajuda ao Corpo de Bombeiros do Estado, bem como ao programa Bahia Sem Fogo, no entanto, não obteve apoio.

“Precisamos de aeronaves para sobrevoar o município e identificar os locais dos focos”, comentou.

De acordo com o site Agência Sertão, imagens de satélite obtidas no fim da tarde deste domingo (4) mostram que o fogo ainda avança com velocidade pela mata em várias direções.

 A região com maior número de focos no momento fica na região  do Parque Nacional Grande Sertão Veredas, importante refúgio da fauna e vertedor de águas que abastece alguns dos principais afluentes do São Francisco na região Nordeste.

De janeiro a até agora, 5.053 focos de incêndio foram registrados nos 10.084 km² de território do município, o 129º maior do país e o 7º maior da Bahia. No mesmo período do ano passado foram 3.702, aumento de 36%.

Cocos é o segundo município baiano com mais focos de incêndio este ano, atrás apenas de Formosa do Rio Preto, que já registrou 7.553 focos. Em todo o Estado foram registrados 83.286 focos, diminuição de 7,8% em relação ao mesmo período de 2019, quando foram registrados 90.317 focos. (Folha do Vale)

Tecnologia do Blogger.